Micro Câmera e seu Poder

Micro Câmera e seu Poder
5 (100%) 1 vote

O poder de uma micro câmera

Uma família. Papai, mãe e uma filha pequena. O pai já trabalha, e a mulher sente que deve ajudar na renda em casa. Com quem deixar a nenê?

Eis a questão. De repente, os familiares estão todos ocupados, a vizinha amiga não pode pois já tem filhos para cuidar, a prima de segundo grau não pode, é imatura demais… e agora?

Dramas semelhantes vivenciam algumas famílias em que os responsáveis decidem contribuir na vida financeira do lar. Antes não havia esse problema, é algo contemporâneo, produto das revoluções, do questionamento do papel da mulher e outros.

Daí quem fica em casa com as crianças?

Primeiro, recorrem as pessoas da família, mas nem sempre tem disposição. Vem o desafio de deixar com uma pessoa estranha, ou seja, uma babá. A confiança não é imediata. Cada caso que se passa na televisão, podem pensar as mães temerosas, em que os idosos ou crianças são espancadas, ofendidas na ausência dos pais por essas profissionais. Coloquei ‘essas’ pois é uma função mais do sexo feminino.

Qual as medidas tomar contra tais receios?

Micro Câmera

Esse é o ponto que chega a micro câmera. Sabemos de casos assim ou pela denúncia de pessoas que ouviram a vítima porque estavam próximos do local, pela confissão da vítima [no caso do bebê não] ou pelo auxílio desse objeto. Colocam em um local em que é capaz de ver as ações da profissional. De fato, é espionar, já que ela ignora. Entra em discussão se está eticamente correto a implantação dessas micro câmeras em casa.

micro camera
micro câmera

Porém, entra em questão: como saber o que a pessoa faz quando não se está por perto? Há a defesa de que é correto colocar as micro câmeras dentro de casa, que isso não é ilícito. Outros reclamam que a babá tendo conhecimento desta desconfiança fique magoada. Afinal, pode colocar e informar a respeito desse instrumento? É mais certo?

Pense: a pessoa estando ciente de que está vigiada, não vai agir errado, né?

Existem discordâncias: é como se avisasse o ladrão onde ele não pode ficar para ser pego.

Terrível pensar assim, mas e aí? Colocar ou não colocar?

É a escolha. Apresento que muitos casos não teriam sido descobertos sem essa tecnologia. Também muitos profissionais podem ter caído fora do mercado por revelar não saber lidar com pessoas e crianças, que mal sabem se defender.

Share this post