A influência das micro câmeras nos escândalos políticos

Rate this post

Desde a invenção da política, existem casos de corrupção e agenciamento de contratos. Mas nos tempos modernos e com a utilização de equipamentos de espionagem fica cada vez mais difícil manter por baixo dos panos os desvios antes escondidos.

Com o uso de micro câmeras, um simples equipamento de espionagem, que pode ser encontrado em diversas formas e tamanhos, pode desmascarar grandes esquemas. Quem não se lembra do caso do “Dinheiro na cueca” do Mensalão de Brasília, no qual um deputado foi pego pagando propina sobre contratos, sem a ajuda das micro câmeras casos como esse dificilmente teriam evidências reais vindo a público.

Equipamentos de Espionagem

Equipamentos de Espionagem

Assim como esse, vários outros escândalos políticos que vierem à tona nos últimos anos, não seriam possíveis sem a presença inovadora dos equipamentos de espionagem, que nos permitem acesso a fatos e evidências que antes ficariam escondidos a lugares restritos.

Os recursos os equipamentos de espionagem utilizados por ocupantes de cargos públicos vão desde escutas ambientais em automóveis, acompanhamento de pessoas e veículos, via GPS (rastreamento por satélite), monitoramento de telefone (grampos e escutas) e de computadores, além do uso de micro câmeras escondidas, como exemplificado anteriormente.

Equipamentos de Espionagem

No caso de Brasília, foi utilizado um dispositivo muito comum que é a caneta espiã, que trata-se de uma câmera digital discreta em formato de caneta. Ela realmente escreve, e a câmera é estrategicamente posicionado logo acima do “clip”, garantido que fique exatamente acima do bolso onde estiver guardada. Suas funções principais são: filmar com áudio, tirar fotos e escrever.

Para conhecer mais sobre esses equipamentos acesse micro camera espiã

Share this post